sexta-feira, 30 de maio de 2008

delícias da vovó

Bolo de Milho Verde Cremoso

sexta-feira, 30 de Maio de 2008


Ingredientes:
3 espigas de milho
2 xícaras de açúcar
1 xícara de leite
4 colheres (sopa) de margarina
4 colheres (sopa) de queijo ralado ou fresco
4 ovos
4 colheres (sopa) de farinha de trigo
1 colher (sopa) de fermento em pó
Modo de preparo
Pique o milho e reserve.
Bata o leite,o açúcar,a margarina e os ovos no liquidificador.
Acrescente o queijo e bata novamente. Junte o milho e a farinha de trigo e torne a bater,até obter uma massa homogênea. Por fim,adicione o fermento em pó.
Despeje a massa numa fôrma untada e leve ao forno pré-aquecido e asse.

Alexandre PiresALEXANDRE PIRES 2008-EM CASA(AO VIVO)

1. Pode Chorar,2. Sai da Minha Aba,3. Eva, Meu Amor,4. Dessa Vez Eu Me Rendo,5. Delírios de Amor - Participação Especial: Grupo Revelação,6. Só por um Momento,7. Delírios de Amor - Participação Especial: Ivete Sangalo,8. Medley SPC (1): Quando é Amor / Amor Verdadeiro / Minha Metade,9. Medley SPC (2): Tá por Fora / Machuca Demais / Interfone,10. Medley SPC (3): Nosso Sonho Não é Ilusão / Tão Só / que se Chama Amor,11. Tira Ela de Mim,12. A Deus Eu Peço - Participação Especial: Yolá Araújo e Anselmo Ralph,13. Cigano,14. Cheguei Tarde Demais - Participação Especial: Daniel,15. Depois do Prazer - Participação Especial: Alcione,Mineirinho.

[Clique aqui e veja outros C.D's do Alexandre Pires ...]


Tamanho: 98 MB

Download Rapidshare



Download:
RapidShare



Fonte: BaixaTudoAki

filme


Ambientado em 1935, no corredor da morte de uma prisão sulista, À espera de um milagre é a história entre o chefe de guarda da prisão (Tom Hanks) com um de seus prisioneiros (Michael Clarke Duncan). Aos poucos, desenvolve-se entre eles uma relação incomum, baseada na descoberta de que o prisioneiro possui um dom mágico que é, ao mesmo tempo, misterioso e milagroso.


»Informações
Estilo: Drama
Tamanho: 614 Mb
Formato: Rar
Idioma: Português
Servidores: Bitroad

Compare os Preços:



Fonte: BaixaTudoAki

Padre Fábio

Formações

Imagem de Destaque

O encanto de cada dia

...talvez amar seja ficar ao lado sem possuir

Ainda bem que o tempo passa! Já imaginou o desespero que tomaria conta de nós se tivéssemos que suportar uma segunda-feira eterna? A beleza de cada dia só existe porque não é duradoura. Tudo o que é belo não pode ser aprisionado, porque aprisionar a beleza é uma forma de desintegrar a sua essência.

Dizem que havia uma menina que se maravilhava todas as manhãs com a presença de um pássaro encantado. Ele pousava em sua janela e a presenteava com um canto que não durava mais que cinco minutos. A beleza era tão intensa que o canto a alimentava pelo resto do dia. Certa vez, ela resolveu montar uma armadilha para o pássaro encantado. Quando ele chegou, ela o capturou e o deixou preso na gaiola para que pudesse ouvir por mais tempo o seu canto.

O grande problema é que a gaiola o entristeceu, e triste, deixou de cantar. Foi então que a menina descobriu que o canto do pássaro só existia porque ele era livre. O encanto estava justamente no fato de não o possuir. Livre, ele conseguia derramar na janela do quarto a parcela necessária de encanto para que a garota pudesse suportar a vida.

O encanto alivia a existência… Aprisionado, a menina o possuía, mas não recebia dele o que ela considerava ser a sua maior riqueza: o canto!

Fico pensando que nem sempre sabemos recolher só encanto… Por vezes, insistimos em capturar o encantador e, então, o matamos de tristeza. Amar talvez seja isso: ficar ao lado, mas sem possuir. Viver também.

Precisamos descobrir que há “um encanto nosso de cada dia” que só poderá ser descoberto à medida que nos empenharmos em não reter a vida. Viver é exercício de desprendimento. É a aventura de deixar que o tempo leve o que é dele, e que fique só o necessário para continuarmos as novas descobertas.

Há uma beleza escondida nas passagens… Vida antiga que se desdobra em novidades. Coisas velhas que se revestem de frescor. Basta que retiremos os obstáculos da passagem.

Deixar a vida seguir. Não há tristeza que mereça ser eterna. Nem felicidade. Talvez seja por isso que o verbo “dividir” nos ajude tanto no momento em que precisamos entender o sentimento da tristeza e da alegria. Eles só são suportáveis à medida que os dividimos… E enquanto os dividimos, eles passam como tudo precisa passar.

Não se prenda ao acontecimento que agora parece ser definitivo. O tempo está passando… Uma redenção está sendo nutrida nessa hora…

Abra os olhos. Há encantos escondidos por toda parte. Preste atenção. São miúdos, mas constantes. Olhe para a janela de sua vida e perceba o pássaro encantado na sua história. Escute o que ele canta, mas não caia na tentação de querê-lo o tempo todo só para você. Ele só é encantado porque você não o possui. E nisso consiste a beleza desse instante: o tempo está passando, mas o encanto que você pode recolher será o suficiente para esperar até amanhã, quando o pássaro encantado voltar a pousar na sua janela.

Envie seu comentário

Fonte: blog.cancaonova.com/vocacao

Foto Padre Fábio de Melo

Padre Fábio de Melo é professor no curso de teologia, cantor, compositor, escritor e apresentador do programa "Direção espiritual" na TV Canção Nova.

terça-feira, 27 de maio de 2008

delícias do blog da vovó

Pudim de Abóbora.



2 xicaras(chá) de abóbora cozida
1 lata de leite condensado
2 xícaras(chá) de leite
1/2 xícara de chá de açúcar(não coloquei)
3 ovos
2 colheres(sopa) de amido de milho
50grs de coco ralado
Bata tudo no liquidificador,coloque em forma caramelada,cubra com papel alumínio ,assar em banho-maria.Leve prá gelar.
Na receita original a forma é untada apenas com manteiga,calda servida à parte.
Desenforme depois de frio.
Yara Maria(Receita Revista Malu)

segunda-feira, 26 de maio de 2008

Margareth Menezes - Brasileira - Ao Vivo







Baixou, Escutou e Gostou? Por que não comprar um original?

sábado, 24 de maio de 2008

Curiosidades que podem mudar a sua vida!

1. Ratos não vomitam.
2. Os ursos polares são canhotos.
3. Você pisca aproximadamente 25 mil vezes por dia.
4. Os russos atendem ao telefone dizendo “Estou ouvindo“.
5. Ninguém consegue lamber seu próprio cotovelo.
6. O Oceano Atlântico é mais salgado que o Pacífico.
7. O elefante é o único animal com quatro joelhos.
8. A cada ano, 98% dos átomos do seu corpo são substituídos.
9. Rir durante o dia faz com que você durma melhor a noite.
10. 15% das mulheres americanas mandam flores para si mesmas no dia dos namorados.
11. Seu cabelo cresce mais rápido a noite, e você perde em media 100 fios por dia.
12. A barata consegue sobreviver por nove dias sem a cabeça antes de morrer de fome.
13. 75% das pessoas que leram essas 13 coisas, tentaram lamber o próprio cotovelo!

E você tentou?

Previsão do tempo - Idade da Pedra

Piada - Questão de estatística

9 05 2008

Enviada por Marcelo Duarte - Limoeiro -PE

* Uma paciente se encontra numa clínica e pergunta ao médico:

- Doutor, ficarei curada?

- Sim senhora, ficará curada.

- Como o senhor sabe?

- A estatística diz que de 100 pessoas uma fica curada. Já tratei 99, morreram todas. E a senhora é a centésima!

Fobias estranhas e engraçadas


Afobia
- medo da falta de fobias (Hein?!);

Automisofobia - Medo de ficar sujo

Buginofobia
- medo de buginos (eu só tenho medo de saber o que é um bugino);

Catoptrofobia - medo de espelhos (deve ser muito feio!);

Cipridofobia, ciprifobia, ciprianofobia, ou ciprinofobia - medo de prostitutas ou doença venéreas; (Essa todo mundo deveria ter!)

Crometofobia ou crematofobia - medo de dinheiro

Cleptofobia - medo de ser roubado

Cristãofobia - medo dos cristãos (Eu hein!)

Dextrofobia
- medo de objetos do lado direito do corpo

Estigiofobia
- medo do inferno (É outra doença que se muitos tivessem, não haveria tanta coisa ruim no mundo)

Fronemofobia - medo de pensar (conheço alguns assim…);

Hipengiofobia ou hipegiafobia
- medo de responsabilidade (Certos políticos têm!)

Hipopotomonstrosesquipedaliofobia - medo de palavras grandes (quem foi que criou essa palavra?!);

Octofobia - medo do numero 8 (não vai preencher cheques esse ano!);

Ripofobia - medo de defecar

Sinistrofobia - medo de coisas do lado esquerdo, mão esquerda

Tacofobia ou Tachofobia - medo de velocidade (Tá explicado, Rubinho!);

Tafofobia ou tafefobia - medo de ser enterrado vivo

Taurofobia - medo de touro

Teatrofobia - medo de teatro

Teratofobia - medo de crianças ou pessoas deformadas

Triscaidecafobia - medo do número 13 (não é o caso do Zagalo);

E você tem medo de quê? Qual a sua fobia, sabe o nome?

Dez coisas que levei anos para aprender…

Por Luís Fernando Veríssimo..

1. Uma pessoa que é boa com você, mas grosseira com o garçom, não pode ser uma boa pessoa. (Preste atenção: Nunca falha ! )

2. As pessoas que querem compartilhar as visões religiosas delas com você, quase nunca querem que você compartilhe as suas com elas.

3. Ninguém liga se você não sabe dançar. Levante e dance.

4. A força mais destrutiva do universo é a fofoca.

5. Não confunda nunca sua carreira com sua vida.

6. Jamais, sob quaisquer circunstâncias, tome um remédio para dormir e um laxante na mesma noite.

7. Se você tivesse que identificar, em uma palavra, a razão pela qual a raça humana ainda não atingiu (e nunca atingirá) todo o seu Potencial, essa palavra seria “reuniões”.

8. Há uma linha muito tênue entre “hobby” e “doença mental”.

9. Seus amigos de verdade amam você de qualquer jeito.

10. Nunca tenha medo de tentar algo novo. Lembre-se de que um armador solitário construiu a Arca e um grande grupo de
profissionais construiu o Titanic.

Hoje, eu acordei mais feliz. Nada de especial me aconteceu. Apenas me recordei de que meu melhor amigo ainda acredita em mim, apesar de tudo. Eu sou uma legítima representante de sua ressurreição no mundo. Não posso me esquecer disso. As pessoas olham para mim... eu espero que elas não me vejam... eu espero que vejam o meu melhor amigo, em mim.

sexta-feira, 23 de maio de 2008

Elite da tropa [E-BOOK}

Elite Da Tropa

Créditos: Mitcheel para CPT

Na primeira parte do livro, concentram-se relatos impressionantes sobre o cotidiano dos policiais de elite. Na segunda, um dos nossos personagens seguirá numa trama envolvendo autoridades de segurança, traficantes, políticos e policiais - uma rede que tece alianças improváveis entre os vários atores deste cenário.Depois de cavalgar 100 quilômetros, sem arreio e sem descanso, mortos de fome e sede, eles têm licença para um descanso brevíssimo até que alguém anuncie que a comida está servida - sobre a lona, onde o grupo exaurido vai se debruçar para comer tudo o que conseguir, com as mãos, em dois minutos.Esta é apenas uma das etapas de treinamento da tropa de elite da polícia. Eles obedecem a regras estritas, as leis da guerrilha urbana. Na dúvida, mate. Não corra, não morra. Máquinas de guerra, eles foram treinados para ser a melhor tropa urbana do mundo, um grupo pequeno e fechado de homens atuando com força máxima e devastadora."Elite da Tropa" é o primeiro livro, no Brasil, a mostrar este lado desconhecido do combate diário, nas grandes cidades - o ponto de vista do policial, seus hábitos, medos e desafios.A partir de experiências reais, os autores criaram uma ficção vertiginosa, que nos arrebata e surpreende, ao mostrar o cotidiano de homens adestrados para se transformarem em cães selvagens.
Pela primeira vez, vamos acompanhar a rotina do policial ouvindo a sua própria voz, seguindo seus passos, seu drama diário, ele que pratica a brutalidade extrema, porque não se sente regido pela legalidade constitucional, mas pelo imperativo da guerra."Elite da Tropa" é uma narrativa de ficção, onde fatos e cenários foram reescritos em parte ou no seu todo. Todos os lugares e pessoas têm nomes fictícios, para que sua identidade fosse preservada.Assinado por uma das maiores autoridades do Brasil em segurança, o antropólogo Luiz Eduardo Soares, e dois policiais, André Batista e Rodrigo Pimentel, este livro revela subterrâneos explosivos de uma cidade partida.
Tamanho: 647KB
Nome do Autor: Luiz Eduardo Soares, Andre Batista, Rodrigo Pimentel
Editora: Objetiva
Qtd. de Páginas: 312
Formato do Arquivo: pdf
Gênero: Vida real
Idioma: Português
Download:
Easy-Share
Rapidhare
Badongo
Zshare

Como Motivar Pessoas


Descrição: Afinal de contas, o que vem a ser “motivação”? A definição pode ser
muito simples: “a força ou o impulso que leva os indivíduos a agirem
de uma forma específica”. É claro que há muito mais implicações
nisso do que sugere essa definição. Trata-se mesmo de uma boa idéia
começar averiguando a motivação, por meio de uma observação
rápida na própria teoria sobre motivação de pessoas. Mesmo antes
de se pensar em como colocá-la em prática em um ambiente de
trabalho específico.


Informações:

Servidor: BitRoad
Partes: 1 Parte
Tamanho: 787 KB
Formato: PDF
Idioma: Português

Download:

kkkkkkk

Você sabe que está no século 21 quando:

1 - Você acidentalmente tecla sua senha no microondas.

2 - Há anos não joga paciência com cartas de papel.

3 - Você tem uma lista de 10 números de telefone para falar com sua família de 3 pessoas.

4 - Você envia e-mail ou MSN para conversar com a pessoa que trabalha na mesa ao lado da sua.

5 - Você usa o celular na garagem de casa para pedir a alguém que o ajude a desembarcar as compras.

6 - Todo comercial de TV tem um site indicado na parte inferior da tela.

7 - Esquecendo seu celular em casa, coisa que você não tinha há 20 anos, você fica apavorado e volta para buscá-lo.

8 - Você levanta pela manhã e liga o computador antes de tomar o café.

10 - Você conhece o significado de naum, tbm, qdo, xau, msm, dps...

11 - Você não sabe o preço de um envelope comum.

12 - A maioria das piadas que você conhece, você recebeu por e-mail (e ainda por cima ri sozinho).

13 - Você fala o nome da firma onde trabalha quando atende ao telefone em sua própria casa (ou até mesmo no celular).

14 - Você digita o "0" para telefonar de sua casa.

15 - Você vai ao trabalho quando o dia ainda está clareando com preguiça, volta para casa quando já escureceu.

16 - Quando seu computador pára de funcionar, parece que foi seu coração que parou.

17 - Você está lendo esta lista e está concordando com a cabeça e sorrindo.

17 - Você está concordando tão interessado na leitura que nem reparou que a lista não tem o número 9.

18 - Você voltou para verificar se é verdade que falta o número 9 e nem viu que tem dois números 17.

19 - E agora você está rindo sozinho.

20 - Você já está pensando para quem você vai enviar esta mensagem.

21 - Provavelmente agora você vai copiar este link e mandar para alguém ... é a vida... fazer o quê... foi o que eu fiz também... Feliz modernidade.

Amar tem poder de renovação

Formações

Imagem de Destaque

Amar tem poder de renovação

Como posso amar o próximo se ainda não me amo

Se quiser ser de Deus, terá que viver as duas vias do Senhor: ‘Amarás ao Senhor teu Deus e ao próximo como a ti mesmo’.

O que você entende por esta palavra 'amor'?

É impressionante o quanto o amor de Deus nos toca. Os poetas sempre tentaram decifrar esse sentimento, mas nunca conseguiram. Assim como Luiz de Camões em seu célebre poema: ‘O amor é um fogo que arde sem se ver, é ferida que dói e não se sente, é um contentamento descontente, é dor que desatina sem doer’.

O amor não se poetiza. Quantas vezes o sentimos e não sabemos onde realmente dói. O amor é revelação, inauguração, tem o poder de ser novo com aquilo que estava velho.

Jesus sabe da capacidade de olhar as coisas miúdas da vida, as que não damos valor e aquelas que ninguém havia visto antes. Colocando os pés no seguimento de Cristo, ouvimos a Palavra para olhar a vida diferente: ‘Amar a Deus sobre todas as coisas’. E o que significa amar o meu próximo? O que significa olhar para o meu irmão e saber que nele tem uma sacralidade que não posso violar?

Como posso descobrir esse convite de Deus de abrir os olhos às pessoas? No dia de hoje, eu lhe proponho que acabe com os 'achismos' do amor. A primeira coisa que Deus precisa curar é o que nós achamos do amor. Pois, muitas vezes, em nome dele [amor], nós fazemos absurdos: seqüestramos, matamos, fazemos guerra, criamos divisões.

O amor nos dá uma força que nem nós mesmos sabíamos que tínhamos. É a capacidade que ele tem de nos costurar. Quantas vezes olhamos para a objetividade do outro que nos motiva a ser melhores. É o amor com suas clarezas e suas confusões...

Muitas vezes, em nome do amor tratamos as pessoas como ‘coisas’.

Quando Deus entra em nossa vida e entramos na vida de outras pessoas, temos de entrar como Ele: agregando valores. Caso contrário é melhor que fiquemos de fora, porque você é um território que merece respeito.

Na passagem da sarça ardente (cf. Ex 3,2ss ) Deus se manifesta em uma árvore que pega fogo, mas não é consumida. Esse é o amor de Deus: Quanto mais nós amamos, mais somos consumimos; e se estamos esgotados é porque amamos ‘de menos’. Vamos ficando sem o vigor; mas a sarça queima sem se consumir. O fogo do amor não queima, pois é um fogo que faz outro fogo, e a experiência do amor de Deus é feita pelo amor de um para o outro. Quantas vezes você passou noites inteiras acordado pelo seu filho? Quanto sono perdido? Isso é por amor... Amar o outro é levar prejuízo.

Você vai saber o que é o verdadeiro amor quando você se consome, mas não se esgota. Você nunca vai dizer que está cansado de amar o seu filho. Você está cansada dos problemas causados por ele, mas não de amá-lo.

Quantas pessoas que procuram e estão necessitadas do amor, mas em sua busca correm atrás das micaretas e baladas? A busca do amor está aguçada. Todos estão querendo saber o que é o amor e todos estão precisando de cura. Quantas pessoas foram amadas erroneamente, trazendo as marcas de um amor estragado.

Tenha coragem de tirar as histórias do passado que doem e que você as carrega até o dia de hoje. Nenhuma pessoa pode amar a Deus se não se ama. Nenhuma pessoa pode ter uma experiência com Deus se não for pelo amor a si própria, pelo respeito por si mesma. O amor a Deus passa o tempo todo pelo cuidado que eu tenho com a minha vida, com a minha história. Como sou capaz de amar o próximo como a mim mesmo se ainda não me amo?

Faça caridade a você primeiro. Os seus amigos irão agradecer por você se amar. Quando o amor nos atinge, somos mais felizes. Um povo que se ama é um povo que sabe aonde vai. Eu ainda acredito no que Deus pode em mim. Volte a gostar de você!

Foto Padre Fábio de Melo

Padre Fábio de Melo é professor no curso de teologia, cantor, compositor, escritor e apresentador do programa "Direção espiritual" na TV Canção Nova.

Só dê ouvidos a quem ama você

mensagem
Imagem de Destaque

Só dê ouvidos a quem ama você

O que o salva não é o que os outros acham a seu respeito

Só dê ouvidos a quem o ama. Outras opiniões, se não fundamentadas no amor, podem representar perigo. Há pessoas que vivem dando palpite na vida dos outros; o faz porque não são capazes de viver bem a própria vida. São especialistas em receitas mágicas de felicidade, de realização, mas quando precisam fazer a receita dar certo na própria história, fracassam.

Existem pessoas que gostam de fazer a vida alheia a pauta principal de seus assuntos. Elas possuem solução para todos os problemas da humanidade, menos para os seus. Dão conselhos, propõem soluções, articulam, multiplicam, subtraem, fazem de tudo para que o outro faça o que elas querem.

Só dê ouvidos a quem ama você, repito. Cuidado com as acusações de quem não o conhece. Não coloque sua atenção em frases que o acusam injustamente.

Há muitos que passam a vida feridos porque não souberam esquecer os insultos maldosos. Prenderam a atenção nas palavras agressivas e acreditaram no conteúdo mentiroso delas.

Há outros que carregam o fardo permanente da irrealização porque não se tornaram capazes de esquecer a palavra maldita, o insulto agressor. Por isso repito: só dê ouvidos a quem o ama. Não se ocupe demais com as opiniões de pessoas estranhas. Só a cumplicidade e conhecimento mútuo podem autorizar alguém a dizer alguma coisa a respeito do outro.

Ando pensando no poder das palavras. Há palavras que bendizem; outras, que maldizem. Descubro cada vez mais que Jesus era especialista em palavras benditas. Quero ser assim também. Além de bendizer com a palavra, Ele também era capaz de fazer alguém esquecer a palavra que o amaldiçoou. Evangelizar consiste em fazer o outro esquecer o que nele não presta, e que a palavra maldita insiste em lembrar.

Quero viver para fazer esquecer... Queira também. Nem sempre eu consigo, mas eu não desisto. Não desista também.

Há mais beleza em construir do que em destruir. Repito: só dê ouvidos a quem ama você. Tudo o mais é palavra perdida, sem alvo e sem motivo santo. Só mais uma coisa: Não se preocupe tanto com o que acham de você. Quem geralmente acha algo, não achou nem sabe ver a beleza dos avessos que nem sempre você revela. O que o salva não é o que os outros andam achando... Mas é o que Deus sabe a seu respeito.

Pe. Fábio de Melo